CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasília

Julgamento é adiado e Arruda segue no páreo

Ministro do STJ suspende julgamento de 2ª instância a pedido dos advogados de defesa e, a 11 dias do término do prazo para registro de candidaturas, dá ao ex-governador do DF tempo para continuar sua escalada eleitoral

Ministro do STJ suspende julgamento de 2ª instância a pedido dos advogados de defesa e, a 11 dias do término do prazo para registro de candidaturas, dá ao ex-governador do DF tempo para continuar sua escalada eleitoral (Foto: Leonardo Araújo)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Brasília 247 - O ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda (PR) continua no páreo para Eleições de outubro. A 11 dias do término do prazo para registro de candidaturas para as Eleições de 2014, o ministro Napoleão Nunes Maia Filho, da 1ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), suspendeu hoje (24) o julgamento de segunda instância previsto para a próxima quarta-feira (25). Se fosse mantida a condenação, Arruda poderia se tornar inelegível, deixando de cumprir os requisitos da Lei da Ficha Limpa.

A tática dos advogados de defesa foi a de pedir a suspeição do juiz Álvaro Ciarlini, que já havia condenado o político em primeira instância. Como não houve decisão sobre esse pedido, o ministro do STJ considerou que o julgamento não poderia ocorrer.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Condenado em fevereiro pelo crime de improbidade administrativa por participação no esquema conhecido como mensalão do DEM no Distrito Federal, Arruda segue na frente nas pesquisas. Na mais recente, realizada pelo Instituto Veritás, o candidato do PR obteve 24,5% das intenções de voto, enquanto o governador Agnelo Queiroz (PT) ficou com 13%.

Em 2010, quando era governador, José Roberto Arruda foi preso e teve o mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal por infidelidade partidária – ele deixou o DEM no auge do escândalo.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO