CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasília

Justiça marca audiência de conciliação sobre greves no transporte público

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) marcou para segunda-feira, 1° de junho, audiência de conciliação entre as cinco empresas de transporte que atuam no Distrito Federal e os rodoviários; o encontro será para discutir as paralisações da categoria feitas em desacordo com a legislação; motoristas e cobradores interromperam o serviço por quatro horas e deixaram cerca de 1,5 milhão de passageiros desassistidos

Imagem Thumbnail
O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) marcou para segunda-feira, 1° de junho, audiência de conciliação entre as cinco empresas de transporte que atuam no Distrito Federal e os rodoviários; o encontro será para discutir as paralisações da categoria feitas em desacordo com a legislação; motoristas e cobradores interromperam o serviço por quatro horas e deixaram cerca de 1,5 milhão de passageiros desassistidos (Foto: Leonardo Lucena)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Da Agência Brasília

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 10ª Região marcou para segunda-feira, 1° de junho, às 14 horas, audiência de conciliação entre as cinco empresas de transporte que atuam no Distrito Federal e os rodoviários. O encontro será para discutir as paralisações da categoria feitas em desacordo com a legislação. Ontem (27), motoristas e cobradores interromperam o serviço por quatro horas e deixaram cerca de 1,5 milhão de passageiros desassistidos.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A Lei nº 7.783, de 28 de junho de 1989, prevê que, em serviços essenciais — como no caso do transporte público —, as entidades sindicais comuniquem, obrigatoriamente, a paralisação com antecedência mínima de 72 horas. "Estamos confiantes de que essa conciliação consiga evitar a greve", diz o secretário de Mobilidade, Carlos Tomé. A categoria quer reajuste salarial de 20%, valor acima do qual as empresas garantem poder pagar — 8,34%. Os rodoviários têm assembleia marcada para domingo (31), às 9 horas, no Conic, com indicativo de greve.

Para o governo, as reivindicações dos rodoviários devem ser negociadas entre empresa e empregado sem que haja prejuízo à população. "Nós estamos acompanhando o assunto de perto, pois não queremos que a comunidade seja surpreendida com falta de transporte público", informa Tomé.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO