Kakay pede apoio a Gilmar contra investidas do MP

Referindo-se aos procuradores, Kakay afirmou que "quando eles achavam que o ministro era 'duro', o MP aplaudia. Quando ele votou a favor da prisão em segundo grau, o MP apoiou. Bastou ele começar a votar de maneira mais garantista que o MP quer, a todo custo, isolá-lo, impedi-lo"

Bras�lia - O advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, defensor de Zilmar Fernandes, s�cia do publicit�rio Duda Mendon�a. ocupa a tribuna no julgamento do processo do mensal�o no Supremo Tribunal Federal.  Kakay disse que o processo do mensal�o
Bras�lia - O advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, defensor de Zilmar Fernandes, s�cia do publicit�rio Duda Mendon�a. ocupa a tribuna no julgamento do processo do mensal�o no Supremo Tribunal Federal. Kakay disse que o processo do mensal�o (Foto: Leonardo Attuch)

​Do Diário do Poder O advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, não guarda qualquer afinidade política com o ministro Gilmar Mendes. Muito pelo contrário, politicamente pode-se dizer mesmo que estão em campos opostos, mas, após a divulgação de uma agressiva “carta aberta” da associação de procuradores da República contra o magistrado, dirigida aos ministros do Supremo do Supremo Tribunal Federal (STF), o criminalista não tem dúvida: “Precisamos apoiar o Gilmar”.

Na "carta aberta", a ANPR ataca duramente o ministro, numa atitude que o advogado classificou de "atrevimento".

Referindo-se aos procuradores, Kakay afirmou que "quando eles achavam que o ministro era 'duro', o MP aplaudia. Quando ele votou a favor da prisão em segundo grau, o MP apoiou. Bastou ele começar a votar de maneira mais garantista que o MP quer, a todo custo, isolá-lo, impedi-lo."

Para o criminalista, frequentemente citado como "petista", por suas ligações de amizade a próceres do PT, "a advocacia tem que se manifestar". Mas não cita a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247