Lance mínimo mais caro

TCU eleva preo de leilo de aeroporto de Braslia

Siga o Brasil 247 no Google News

Interessados em operar os aeroportos de Brasília, Guarulhos e Viracopos terão que desembolsar mais dinheiro para disputar os leilões, previstos para o início de 2012. O valor do lance mínimo aumentará. O Tribunal de Contas da União (TCU) já informou a integrantes do governo que elevará o preço a ser cobrado dos futuros concessionários em pelo menos R$ 1 bilhão, no conjunto.

Segundo apurou o Estado, o preço mínimo do aeroporto de Brasília é o que mais subirá, dos R$ 75 milhões propostos inicialmente pelo governo para cerca de R$ 500 milhões, valor quase sete vezes maior (566%) do que o inicialmente estimado. O preço mínimo estabelecido para o aeroporto de Viracopos quase dobrará, dos R$ 521 milhões propostos. Com o menor porcentual de aumento no primeiro lote de privatização, o lance mínimo do aeroporto de Guarulhos subirá dos R$ 2,3 bilhões propostos para cerca de R$ 3 bilhões.

Os números estarão fechados até quarta-feira, dia em que um relatório sobre os estudos econômico-financeiros que baseiam a privatização dos três aeroportos será apresentado ao plenário do TCU. Os termos dos editais de privatização ainda terão de passar por consulta pública por mais 45 dias, antes dos leilões. O governo pretendia fazer a licitação este mês. Ainda não há uma nova data oficial para a licitação.

O aumento no valor das outorgas decorre de ajustes feitos por técnicos do tribunal em alguns parâmetros do negócio, como o cálculo dos investimentos a serem feitos pelos futuros concessionários. A estimativa de investimentos superiores a R$ 4 bilhões nesses aeroportos até a Copa do Mundo de 2014, porém, está mantida. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

PUBLICIDADE

 

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email