CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasília

Líder do governo no Senado, Jaques Wagner diz que Dino terá nome aprovado para o STF "sem nenhuma dificuldade"

Ele lembrou que o governo costuma contar com o voto de 50 senadores, nove a mais do que o necessário para Dino. Oposição aposta em traições para evitar a nomeação

Flávio Dino (Foto: Lula Marques/Agência Brasil)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O líder do governo Lula (PT) no Senado, Jaques Wagner (PT), afirmou nesta terça-feira (5) que o ministro da Justiça, Flávio Dino (PSB), indicado para uma cadeira no Supremo Tribunal Federal (STF), deverá ter seu nome aprovado pelos senadores "sem nenhuma dificuldade". Ele destacou que o governo geralmente conta com uma média de 50 votos para aprovar projetos, nove a mais do que o necessário para confirmar a nomeação de Flávio Dino, relata Paulo Cappelli, do Metrópoles.

Senadores da oposição ao governo reconhecem a dificuldade, mas ainda acreditam na possibilidade de bloquear a nomeação de Flávio Dino. A esperança está na votação secreta e na possibilidade de traições de parlamentares que afirmam ser favoráveis, mas que, no momento decisivo, podem votar contra. A análise é que alguns senadores de partidos como PSD, União Brasil e PP não apoiarão Dino, ao contrário do que o Planalto espera. A votação secreta facilitaria possíveis desistências, pois os parlamentares estariam protegidos de retaliações.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Para ser aprovado, Dino precisa receber o apoio de 41 senadores, do total de 81. O Planalto acredita que ele terá uma vantagem confortável sobre essa margem mínima.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO