Lobby de Deltan também envolveu alguns dos políticos mais enrolados na Lava Jato, como Fernando Bezerra

Em seu afã para emplacar seu candidato Vladmir Aras como futuro PGR, Deltan Dallagnol traçou uma estratégia de lobby que envolvia alguns dos nomes mais envolvidos em escândalos de corrupção no Brasil, como é o caso do senador Fernando Bezerra (MDB-PE), que, coincidência ou não, vem sendo blindado pela Lava Jato

(Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

247 – A nova bomba da Vaza Jato também demonstra que Deltan Dallagnol fez lobby junto a políticos investigados por corrupção para emplacar seu aliado Vladimir Aras na PGR. Um deles é Fernando Bezerra (MDB-PE). Confira abaixo um trecho da reportagem:

Em 4 de março, Deltan envia para Aras uma lista de senadores em postos de liderança que deveriam ser procurados em busca de apoio. "Olha o plano de conversas que o Eduardo propôs", avisou às 16h37.

Foram listados 20 parlamentares, vários citados em delações da Lava Jato. É o caso de Eduardo Braga (MDB-AM); Humberto Costa (PT-PE); Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE); e Alvaro Dias (Podemos-PR). Também figurava na lista de senadores Randolfe Rodrigues (Rede-AP) –, ele participou de uma articulação de Deltan para usar a Rede Sustentabilidade como uma espécie de laranja para uma ação de interesse da Lava Jato no STF.

Deltan se mostra empolgado com a ideia: "nesse colégio, a metade vai aderir bem. Alguns talvez nem compense a visita...Mas é aquele coisa; fechar o cerco! Creio que as visitas individuais aos outros 60 e poucos Senadores fará a diferença, pois como diz Martim Luther King Jr " O que me incomoda não é o grito dos maus (que muitas vezes tomam a liderança ) mas o silêncio dos bons ". Mas os tímidos podem surpreender dessa vez....Na eleição da Presidência da casa fizeram a diferença", disse às 16h38.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247