Maia chora e diz que reforma é obra do Centrão

“O centrão é essa coisa que ninguém sabe o que é, ‘mas é do mal’. Mas é o centrão que está fazendo a reforma da Previdência, esses partidos que se dizem do centrão", disse o deputado Rodrigo Maia, sobre a reforma que deixa os trabalhadores mais distantes de uma aposentadoria

(Foto: Rodrigo Maia)
Siga o Brasil 247 no Google News

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta quarta-feira, em discurso feito logo antes do anúncio do placar de aprovação do texto-base da reforma da Previdência em primeiro turno na Casa, que foi o centrão —que ele disse que muitos consideram representar o mal— que fez a reforma.

“Muitas vezes os nossos líderes são desrespeitados, às vezes na imprensa, criticados de forma equivocada, mas são esses líderes que estão fazendo as mudanças no Brasil, junto com cada um dos deputados e com cada uma das deputadas”, disse Maia em discurso da tribuna antes de o placar eletrônico do plenário da Câmara revelar que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma foi aprovada em primeiro turno por 379 votos a 131.

“O centrão é essa coisa que ninguém sabe o que é, ‘mas é do mal’. Mas é o centrão que está fazendo a reforma da Previdência, esses partidos que se dizem do centrão.”

PUBLICIDADE

Depois de ter atritos públicos com o presidente Jair Bolsonaro, Maia decidiu chamar para si e para o Legislativo o protagonismo da reforma da Previdência e, em vários discursos nesta noite, ele foi elogiado por líderes partidários —inclusive do PSL, partido de Bolsonaro, Delegado Waldir (GO) e do governo, Major Vitor Hugo (PSL-GO)— como o grande condutor do processo que está levando à aprovação da reforma pela Casa.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email