Maia diz que, se for reeleito, vota independência do Banco Central

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) disse a um grupo de investidores que, se disputar a reeleição para o cargo, vai pautar o projeto de autonomia do Banco Central; ele só vai assumir oficialmente a candidatura em janeiro. No mesmo encontro com investidores, Rodrigo Maia fez um prognóstico: se a reforma da Previdência não for aprovada até junho no plenário da Câmara, não passa mais; texto já foi aprovado na CCJ, falta análise de comissão especial e plenário

Rodrigo Maia
Rodrigo Maia (Foto: Giuliana Miranda)

247 - O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) disse a um grupo de investidores que, se disputar a reeleição para o cargo, vai pautar o projeto de autonomia do Banco Central. Ele só vai assumir oficialmente a candidatura em janeiro. No mesmo encontro com investidores, Rodrigo Maia fez um prognóstico. Se a reforma da Previdência não for aprovada até junho no plenário da Câmara, não passa mais. O texto já foi aprovado na CCJ, falta análise de comissão especial e plenário.

As informações são da Coluna do Estadão. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247