Maia diz que, se for reeleito, vota independência do Banco Central

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) disse a um grupo de investidores que, se disputar a reeleição para o cargo, vai pautar o projeto de autonomia do Banco Central; ele só vai assumir oficialmente a candidatura em janeiro. No mesmo encontro com investidores, Rodrigo Maia fez um prognóstico: se a reforma da Previdência não for aprovada até junho no plenário da Câmara, não passa mais; texto já foi aprovado na CCJ, falta análise de comissão especial e plenário

Rodrigo Maia
Rodrigo Maia (Foto: Giuliana Miranda)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) disse a um grupo de investidores que, se disputar a reeleição para o cargo, vai pautar o projeto de autonomia do Banco Central. Ele só vai assumir oficialmente a candidatura em janeiro. No mesmo encontro com investidores, Rodrigo Maia fez um prognóstico. Se a reforma da Previdência não for aprovada até junho no plenário da Câmara, não passa mais. O texto já foi aprovado na CCJ, falta análise de comissão especial e plenário.

As informações são da Coluna do Estadão. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email