Maia: reforma da Previdência será aprovada no 1º semestre

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), candidato à reeleição no comando da Casa, aposta que a aprovação da reforma da Previdência será feita no Congresso no primeiro semestre e representará um marco na retomada do crescimento do País; ele avalia que a votação dessa e de outras reformas passarão confiança para investidores sobre a seriedade do novo governo; um dos citados em delação feita por um executivo da Odebrecht, Maia nega as acusações e defende as investigações da Lava Jato

rodrigo maia
rodrigo maia (Foto: Giuliana Miranda)

247 - O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), candidato à reeleição no comando da Casa, aposta que a aprovação da reforma da Previdência será feita no Congresso no primeiro semestre e representará um marco na retomada do crescimento do País. Ele avalia que a votação dessa e de outras reformas passarão confiança para investidores sobre a seriedade do novo governo. Um dos citados em delação feita por um executivo da Odebrecht, Maia nega as acusações e defende as investigações da Lava Jato.

As informações são da Coluna do Estadão. 

"Vai ser um primeiro semestre decisivo para o futuro do Brasil. A votação da reforma da Previdência será um marco na reorganização das contas públicas e no ajuste fiscal. Com a reforma aprovada, será gerada uma brutal confiança dos investidores nacionais e estrangeiros no Brasil, com impacto nos indicadores econômicos e no restabelecimento do crescimento. Vamos terminar de aprovar a reforma no Congresso no primeiro semestre.

Embora alguns achem que vão perder direitos, eu discordo. Porque, se não fizer a reforma, a Previdência poderá ficar insolvente no futuro. Então, você vai acreditar num sistema que, daqui a alguns anos, não vai ter dinheiro para te pagar?"

Ao vivo na TV 247 Youtube 247