Metroviários desistem da greve

Categoria aceita proposta do Metr e trabalhar normalmente nesta segunda-feira (7); uma das propostas aceitas pelos metrovirios foi a reduo da jornada de trabalho dos pilotos de 8h para 6h

Brasília 247 – Em assembleia realizada na noite deste domingo (6) os metroviários decidiram manter o funcionamento normal dos trens que cortam a capital federal.

Na semana passada a categoria ameaçou trabalhar com 30% da capacidade caso o governo não enviasse uma contra proposta de trabalho, entre os pedidos, estava o reajuste salarial de 25% e a contratação de mais funcionários para a empresa.

O pacote de propostas enviado pelo governo do Distrito Federal não contou com nenhum tipo de aumento salarial devido a Lei de Responsabilidade Fiscal, mas uma das propostas do GDF que contribuiu para a decisão da assembleia, foi a redução da jornada de trabalho dos pilotos de 8h para 6h.

O diretor e representante do sindicato, Israel Almeida Pereira, pretende brigar na Justiça pelo reajuste salarial. “A grande dificuldade de votar foi à ausência de uma proposta financeira concreta por parte do governo. Por isso ficamos prejudicados, mas, ainda assim, preferimos assegurar os benefícios que já conquistamos nas conversas com o GDF e como Metrô e confiar no Judiciário. A greve é o último recurso”, garantiu.

Com informações do Correio Braziliense.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247