Metroviários parados

Categoria anuncia greve geral; sindicato diz que 30% dos trens circular na greve; tempo de espera nas paradas de Braslia chega a 25 minutos; metrovirios pedem reajuste salarial de 25% e a contratao de mais funcionrios

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Brasília 247 – Quem precisou pegar o trem para ir ao trabalho nesta quinta-feira (19) teve uma surpresa desagradável. Alguns passageiros esperam até 25 minutos para pegar um trem e chegar ao trabalho, em dias normais essa espera não passa de cinco minutos. Os metroviários decidiram, em assembleia, na noite de ontem cruzar os braços para pressionar o governo.

Na pauta de reivindicações está aumento 25% do salário; realização de concurso público; contratação de novos funcionários; retorno das atividades de bilheteria; manutenção para a própria companhia e o aumento no número de trens em circulação.

O sindicato garantiu que o metrô funcionará com 30% da capacidade, ou seja, 8 dos 24 trens vão estar trabalhando e 240 dos 800 funcionários estarão disponíveis nesta quinta-feira.

Está marcada para as 15h, em frente ao Palácio do Buriti, uma nova assembleia da categoria, a intenção é pressionar o governo a reabrir as negociações.

Com informações do G1, Bom Dia DF e Correio Braziliense.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email