Ministro do GSI, general Heleno orientava bolsonaristas a atacar o STF, diz a 'arrependida' Sara Winter

A bolsonarista arrependida Sara Winter contou que os deputados, assim como o ministro-chefe do Gabinete de Segurança, general Augusto Heleno, foram muito presentes na organização do “Acampamento dos 300”, que atacava as instituições da República. Segundo ela, Bolsonaro também tinha influência direta

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução/Facebook | Marcos Corrêa/PR)


247 - A bolsonarista arrependida Sara Winter, em entrevista à Istoé, contou que os deputados Daniel Silveira (PTB), Carla Zambelli (PSL), Sargento Fahur (PSL) e Bia Kicis (PSL), assim como o ministro-chefe do Gabinete de Segurança, general Augusto Heleno, foram muito presentes na organização do “Acampamento dos 300”, que ela organizou em Brasília com o blogueiro Oswaldo Eustáquio.

O acampamento fez parte das manifestações bolsonaristas contra as instituições da República. Segundo Winter, Kicis “ensinou a gente como chamar atenção da imprensa” e “cedeu o assessor Evandro Araújo e colocou um advogado de seu gabinete para acompanhar reuniões com a Secretaria de Segurança do Distrito Federal”.

O alvo inicial dos protestos era o então presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, mas o ministro general Heleno interveio. “Ele pediu para deixar de bater na imprensa e no Maia e redirecionar todos os esforços contra o STF”, disse. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ainda, ela conta que a influência de Bolsonaro era direta e que durante o acampamento foi combinado que ele não podia ser o “protagonista para não sofrer represálias”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email