CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasília

Ministro do Planejamento pode cair por pedaladas

TCU vai decidir o futuro do ministro do Planejamento, Dyogo de Oliveira; segundo Ilimar Franco, o procurador Júlio Marcelo está para enviar ao tribunal a lista dos responsáveis pelo uso de recursos do BNDES para executar o PSI (Programa de Investimento); o relator, ministro José Múcio, terá que decidir se Dyogo é corresponsável pela prática de “pedaladas”, que custaram o afastamento da presidente Dilma Rousseff

Imagem Thumbnail
TCU vai decidir o futuro do ministro do Planejamento, Dyogo de Oliveira; segundo Ilimar Franco, o procurador Júlio Marcelo está para enviar ao tribunal a lista dos responsáveis pelo uso de recursos do BNDES para executar o PSI (Programa de Investimento); o relator, ministro José Múcio, terá que decidir se Dyogo é corresponsável pela prática de “pedaladas”, que custaram o afastamento da presidente Dilma Rousseff (Foto: Roberta Namour)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O TCU vai decidir o futuro do ministro do Planejamento, Dyogo de Oliveira. Segundo Ilimar Franco, o procurador Júlio Marcelo está para enviar ao tribunal a lista dos responsáveis pelo uso de recursos do BNDES para executar o PSI (Programa de Investimento).

O relator, ministro José Múcio, terá que decidir se Dyogo é corresponsável pela prática de “pedaladas”, que custaram o afastamento da presidente Dilma Rousseff.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO