Mulheres indígenas de 100 povos saem em marcha contra desmonte das políticas sociais

Após ocuparem o prédio do Ministério da Sáude ontem, contra o desmonte das políticas para os povos indígenas, cerca de 1.500 lideranças, representantes de 100 povos, participam nesta manhã da "Marcha das Mulheres Indígenas", que tem como lema “Território: nosso corpo, nosso espírito”.

(Foto: Mídia NINJA/Douglas Freitas/Cobertura Colaborativa)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Após ocuparem o prédio do Ministério da Sáude ontem, contra o desmonte das políticas para os povos indígenas, cerca de 1.500 lideranças participam nesta manhã da  "Marcha das Mulheres Indígenas", que tem como lema: “Território: nosso corpo, nosso espírito”. 

Elas se posicionaram contra a municipalização e a privatização do atendimento à saúde.

Maura Arapiun, uma das coordenadoras da Marcha das Mulheres, defende que "os povos indígenas sejam ouvidos antes de qualquer alteração no modelo de assistência", como noticiou a Agência Brasil. 

A Marcha das Mulheres Indígenas segue até quarta-feira (14) com debates, atos, shows e caminhadas pelas ruas de Brasília.

Veja algumas imagens da marcha: 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247