Número de ocorrências na UnB cai quase 25%

Furtos de veculos e assaltos diminuram em relao ao ano passado. Plano prev a instalao de novos equipamentos

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

UnB Agência - O número de ocorrências de atos violentos registrados pela segurança da Universidade de Brasília diminuiu em 23,86%, no período de julho a outubro, em comparação ao mesmo período do ano passado. A queda coincide com os primeiros meses de instalação do sistema de monitoramento de câmeras nos estacionamentos e áreas externas da UnB. Trinta equipamentos estâo funcionando em pontos estratégicos, como nos estacionamentos do Instituto Central de Ciências (ICC) e em rotatórias, desde julho desse ano. O percentual é mais expressivo se considerar na comparação os mesmos quatro meses de 2009 - 33%.

No caso de furtos de veículo, a queda foi de dez para uma ocorrência. O furto de objetos no interior de veículos também caiu. Em 2010, foram 35 registros, contra 26 este ano. Os assaltos tiveram redução de 100%, e nenhum incidente foi registrado depois da instalação das câmeras, enquanto no ano passado houve sete crimes no mesmo período. "Percebemos no cotidiano a queda no número de furtos", declara Maurício Sabino, funcionário da Coordenação de Proteção ao Patrimônio (COPP), órgão responsável pelo registro das ocorrências na universidade. Duas estatísticas tiveram comportamento inverso - furto/roubo ou extravio de patrimônio e furto de bicicleta. A primeira passou de 17 para 20 casos, e a segunda, de 3 para 12.

Trinta e dois servidores são responsáveis pelo monitoramento das estações. Oito deles se dividem em quatro turnos de seis horas, a cada dia. Os funcionários receberam qualificação para aprender a operar o sistema. "A empresa contratada ainda vai fornecer outro treinamento para aprofundar detalhes técnicos", explica Hallen dos Anjos, diretor do Centro de Manutenção de Equipamentos (CME).

Ampliação

Segundo Hallen, o sistema ainda será ampliado. "Vamos instalar outras seis câmeras nas entradas do ICC em caráter emergencial", relata. A ideia é que as câmeras cubram toda a área do campus Darcy Ribeiro. "O número exato de aparelhos e a tecnologia usada serão definidos pelo plano de segurança da UnB, a ser elaborado por uma empresa de consultoria". Segundo ele, o termo de referência para abertura de licitação para contratar a empresa ficará pronto em um mês. Hallen estima que vão ser necessárias 190 câmeras para cobrir todo o campus. Os novos campi também serão contemplados no plano.

O sistema de monitoramento fez parte da pauta de reunião realizada nesta terça, 9 de novembro, pelo Conselho de Segurança da UnB. Estiveram presentes apenas os membros do colegiado pertencentes à universidade para avaliar os progressos nas principais demandas de segurança. Foram discutidas também a iluminação nos campi e a contratação de novos vigilantes.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email