OAB apresentará ao Congresso novo pedido de impeachment de Dilma

O processo da OAB aponta suposto cometimento de crimes de responsabilidade por Dilma em situações como: suposta interferência na Operação Lava Jato, pedaladas fiscais e renúncia fiscal concedida para a realização da Copa do Mundo de 2014; advogados em todo o país têm criticado a posição da Ordem

O processo da OAB aponta suposto cometimento de crimes de responsabilidade por Dilma em situações como: suposta interferência na Operação Lava Jato, pedaladas fiscais e renúncia fiscal concedida para a realização da Copa do Mundo de 2014; advogados em todo o país têm criticado a posição da Ordem
O processo da OAB aponta suposto cometimento de crimes de responsabilidade por Dilma em situações como: suposta interferência na Operação Lava Jato, pedaladas fiscais e renúncia fiscal concedida para a realização da Copa do Mundo de 2014; advogados em todo o país têm criticado a posição da Ordem (Foto: Valter Lima)

247 - A Ordem dos Advogados do Brasil vai protocolar na segunda-feira (28) um novo pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff no Congresso. O pedido de afastamento foi aprovado na sexta (18) em reunião do Conselho Federal da entidade, por 26 votos a 2.

O processo da OAB aponta suposto cometimento de crimes de responsabilidade por Dilma em situações como: suposta interferência na Operação Lava Jato, pedaladas fiscais e renúncia fiscal concedida para a realização da Copa do Mundo de 2014.

 

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247