HOME > Brasília

‘Parlamentarismo já’ avança no Senado

Presidente do Senado, Renan Calheiros, lidera conversas no Congresso pela implantação do sistema de parlamentarismo no Brasil; como ocorreu em 1961, quando os militares aceitaram a posse do vice João Goulart, após a renúncia de Jânio Quadros, a presidente Dilma Rousseff ficaria no cargo, mas com poderes restritos; seria formado um gabinete, com um primeiro-ministro; Renan se reuniu com o ex-presidente Lula, com a presidente Dilma e com lideranças do PSDB, numa tentativa de buscar uma solução para a crise

A presidente Dilma Rousseff, acompanhada do presidente do Senado, Renan Calheiros (Foto: Roberta Namour)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – Avançam no Congresso conversas conduzidas pelo presidente do Senado, Renan Calheiros, pela implantação do sistema de parlamentarismo no Brasil. Na quarta-feira, Renan se reuniu com o ex-presidente Lula, com a presidente Dilma e com lideranças do PSDB, numa tentativa de buscar uma solução para a crise.

Como ocorreu em 1961, quando os militares aceitaram a posse do vice João Goulart, após a renúncia de Jânio Quadros, a presidente Dilma Rousseff ficaria no cargo, mas com poderes restritos.

Pela proposta, seria formado um gabinete, não necessariamente ocupado apenas por parlamentares, mas também abrigando figuras de fora do Congresso, inclusive o primeiro-ministro, segundo reportagem de Raymudo Costa (leia aqui).

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: