Passa Projeto de Lei que combate abuso de autoridade

A PL 7596/17, que visa combater o abuso de autoridade, foi aprovada por 325 votos a 133. Segundo o deputado José Guimarães (PT/CE), com isso, os agentes públicos dos três poderes estarão sujeitos à lei e ninguém mais poderá cometer abusos.

www.brasil247.com - Em entrevista coletiva, no final da manhã de hoje, o deputado federal Jose Guimarães, líder da minoria, criticou a proposta do Governo Federal para a renegociação das dívidas dos Estados. Para o deputado, a proposta do governo não trata de uma renegociação, mas de um "arrocho fiscal". Confira o vídeo
Em entrevista coletiva, no final da manhã de hoje, o deputado federal Jose Guimarães, líder da minoria, criticou a proposta do Governo Federal para a renegociação das dívidas dos Estados. Para o deputado, a proposta do governo não trata de uma renegociação, mas de um "arrocho fiscal". Confira o vídeo (Foto: Fatima 247)


247 - A PL 7596/17, que visa combater o abuso de autoridade, foi aprovada  por 325 votos a 133. Segundo o deputado José Guimarães (PT/CE), com isso, os agentes públicos dos três poderes estarão sujeitos à lei e ninguém mais poderá cometer abusos. 

Guimarães destaca que trata-se de uma vitória do Estado Democrático de Direito. 

Veja o Twitter de José Guimarães: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email