CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasília

Paulo Teixeira lamenta o golpe de 64: 'muitos perderam a vida e a liberdade'

'Foi um período de trevas', escreveu o ministro

Paulo Teixeira (Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O ministro do Desenvolvimento Agrário, Paulo Teixeira, lamentou o período em que o Brasil passou por uma Ditadura Militar (1964-1985). Neste domingo (31), o golpe completa 60 anos.

"Minha homenagem a todos que perderam a vida e a liberdade, em razão da ruptura da democracia no dia 31 de março de 1964, que levou o país a um período de trevas. Minha homenagem a Rubens Paiva, Wladimir Herzog e Manoel Fiel Filho, que lutaram pela democracia no Brasil", escreveu o titular da pasta na rede social X.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Herzog era jornalista; Rubens Paiva, engenheiro; e Manoel Fiel Filho, metalúrgico. Todos foram torturados e mortos pelo regime militar na década de 70.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO