Pazuello teme ser preso diante de investigações da CPI e do MPF

Pessoas próximas do ex-ministro da Saúde relatam seu temor com a possibilidade de ser preso, diante das revelações de que diversos funcionários da pasta estavam envolvidos em pedidos de propina e do avanço de uma ação de improbidade administrativa

Eduardo Pazuello
Eduardo Pazuello (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello vem demonstrando preocupação com a possibilidade de ser preso, diante do avanço da CPI da Covid, que revelou o envolvimento de diversos funcionários da pasta no esquema de propina na compra de vacinas. 

Segundo o jornal Folha de S.Paulo, em março deste ano, o então ministro prometeu a um grupo de intermediadores comprar 30 milhões de doses da vacina chinesa CoronaVac que foram formalmente oferecidas ao governo por quase o triplo do preço negociado pelo Instituto Butantan. A gravação já está em posse da CPI.

Pessoas próximas no Palácio do Planalto, ouvidas pelo Antagonista, disseram que, durante a semana passada, o general da ativa do Exército demonstrou temor também pela possibilidade de ser alvo de um mandado de prisão temporária do Ministério Público Federal (MPF).

PUBLICIDADE

No início de julho, o MPF ingressou com uma ação de improbidade administrativa contra o ex-ministro. Na peça, os procuradores afirmam que a gestão Pazuello foi "gravemente ineficiente e dolosamente desleal (imoral e antiética)". Além disso, o órgão responsabiliza o ministro pelo fato de o Brasil não ter iniciado antes a imunização contra a Covid-19. 

Pazuello não tem o foro privilegiado. Atualmente, ele é secretário de Estudos Estratégicos da presidência da República.

PUBLICIDADE

Inscreva-se na TV 247, seja membro e compartilhe:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email