Polícia Legislativa confirma agressão a Vanessa Grazziotin

A Polícia Legislativa do Senado concluiu o inquérito que apurou a agressão do advogado Paulo Demchuk, de Curitiba, à senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), durante um voo no último dia 31 de agosto entre Brasília e a capital paranaense; o inquérito foi encaminhado ao Ministério Público do Paraná "para que tome as medidas que julgar pertinentes"

A Polícia Legislativa do Senado concluiu o inquérito que apurou a agressão do advogado Paulo Demchuk, de Curitiba, à senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), durante um voo no último dia 31 de agosto entre Brasília e a capital paranaense; o inquérito foi encaminhado ao Ministério Público do Paraná "para que tome as medidas que julgar pertinentes"
A Polícia Legislativa do Senado concluiu o inquérito que apurou a agressão do advogado Paulo Demchuk, de Curitiba, à senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), durante um voo no último dia 31 de agosto entre Brasília e a capital paranaense; o inquérito foi encaminhado ao Ministério Público do Paraná "para que tome as medidas que julgar pertinentes" (Foto: Gisele Federicce)

Do Portal Vermelho - A Polícia Legislativa do Senado concluiu o inquérito que apurou a agressão do advogado Paulo Demchuk, de Curitiba, à senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), durante um voo no último dia 31 de agosto entre Brasília e a capital paranaense. O inquérito foi encaminhado ao Ministério Público do Paraná "para que tome as medidas que julgar pertinentes", diz o documento.

A defesa da senadora em Curitiba anunciou que vai acompanhar o procedimento, destacando que o acusado já é "objeto de investigação da Polícia Militar do Paraná" por vários casos de violência protagonizado por ele contra outras pessoas, inclusive um casal com um bebê de 10 meses. E anunciou que o caso será objeto também de uma ação civil indenizatória.

No inquérito realizado pela Polícia Legislativa, a senadora e as testemunhas que estavam no voo confirmaram a agressão e apresentaram vídeos que comprovam que Paulo Demechuck, após ter xingado a senadora e instigado os outros passageiros a fazerem o mesmo, agrediu-a fisicamente na tentativa de tirar das mãos dela o celular com o qual ela estava filmando as agressões verbais.

Em pronunciamento no Senado, dias após a agressão, Vanessa Grazziotin disse que o advogado agressor agiu com violência extrema. "Eu fui agredida fisicamente por esse senhor, que espero que pague, pague, com toda a força e determinação da Justiça brasileira", afirmou a senadora ao fazer a denúncia da agressão no Plenário do Senado, quando o presidente da Casa, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), determinou a apuração do caso pela Polícia Legislativa.

Assista aqui.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247