Presidente do Senado diz que abertura de CPI da Covid será avaliada

Após pronunciamento do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) disse que a proposta feita pelo senador Randolfe Rodrigues vai ser avaliada “à luz dos esclarecimentos” do ministro

Rodrigo Pacheco
Rodrigo Pacheco (Foto: Marcos Brandão/Senado Federal Fonte: Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247, com informações do Senado - O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), informou em coletiva de imprensa após o pronunciamento do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que a abertura de uma CPI para apurar a condução do governo na pandemia “será avaliada à luz dos esclarecimentos” de Pazuello.

Em depoimento aos senadores, Pazuello disse que não foi avisado sobre a falta de oxigênio em Manaus e prometeu vacinar 50% da população até junho e 100% até o final do ano. Pazuello também fez um apelo para que os senadores evitassem “politizar o debate”.

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que protocolou o pedido de CPI para investigar a atuação do governo na pandemia, afirmou que Pacheco fez uma promessa de instalar a Comissão na próxima quinta-feira, após o feriado de Carnaval. 

— Logo após essa audiência aqui no Senado, no momento certo nós vamos fazer uma avaliação sobre a pertinência ou não da CPI. Eventualmente, os esclarecimentos feitos podem ser suficientes para a elucidação daquilo que se pretende por parte dos senadores, ou não — afirmou.

Questionado sobre o fato de Pazuello já responder a inquérito, na investigação da crise sanitária no Amazonas, o presidente do Senado disse que são situações diferentes.

— O inquérito é próprio para a apuração do fato no ambiente da polícia judiciária do Ministério Público. Aqui é um ambiente técnico, também político, de avaliação e de esclarecimentos — ressaltou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email