Presidente do Senado pede socorro dos Estados Unidos ao Brasil, mas não abre CPI da Covid

Rodrigo Pacheco pediu vacinas, mas não instala a comissão para investigar os crimes do governo Bolsonaro na gestão da pandemia

Rodrigo Pacheco, presidente do Senado
Rodrigo Pacheco, presidente do Senado (Foto: Marcos Oliveira - Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – "Solicitei, nesta sexta-feira, aos Estados Unidos, por meio de ofício enviado à vice-presidente Kamala Harris, pedido de socorro ao Brasil nas ações de combate à pandemia da Covid-19", postou o senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG), em suas redes sociais.

"No ofício, pedi que fosse considerada, pelas autoridades norte-americanas, a eventual concessão de autorização especial que permita a aquisição, pelo governo brasileiro, de doses de vacina estocadas nos Estados Unidos e ainda sem a previsão de serem utilizadas localmente", informou.

"Esse compartilhamento de estoques, caso autorizado, daria impulso decisivo ao esforço de imunização dos 210 milhões de brasileiros", finalizou.

O parlamentar, no entanto, evitar instalar a CPI da covid-19, que investigaria a péssima gestão do governo Bolsonaro no combate à pandemia.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email