Prioridade em filas é estendida a pessoas com câncer ou em tratamento de hemodiálise

O governador Rodrigo Rollemberg sancionou hoje (26), as alterações na lei que regulamenta as prioridades em filas, no Distrito Federal. Pacientes com câncer ou em tratamento de hemodiálise passam a ter atendimento prioritário a partir desta segunda-feira (26)

O governador Rodrigo Rollemberg sancionou hoje (26), as alterações na lei que regulamenta as prioridades em filas, no Distrito Federal. Pacientes com câncer ou em tratamento de hemodiálise passam a ter atendimento prioritário a partir desta segunda-feira (26)
O governador Rodrigo Rollemberg sancionou hoje (26), as alterações na lei que regulamenta as prioridades em filas, no Distrito Federal. Pacientes com câncer ou em tratamento de hemodiálise passam a ter atendimento prioritário a partir desta segunda-feira (26) (Foto: Fatima 247)

O governador Rodrigo Rollemberg sancionou hoje (26), as alterações na lei que regulamenta as prioridades em filas, no Distrito Federal. Pacientes com câncer ou em tratamento de hemodiálise passam a ter atendimento prioritário a partir desta segunda-feira (26). Como essas pessoas passam por procedimentos debilitantes, elas adquiriram os mesmos direitos já garantidos a gestantes, a quem está com criança de colo, a idosos de 60 anos ou mais, a pessoas com deficiência e com obesidade mórbida ou grave.

A medida corrige uma omissão legal. "É uma mudança muito justa, que altera a famosa lei das filas. Essas pessoas saem (das sessões de tratamento) muito debilitadas", explica o secretário adjunto de Assuntos Legislativos da Casa Civil, Relações Institucionais e Sociais, José Flávio de Oliveira.

Entre os acréscimos, estão ainda as lactantes. As mães que amamentam poderiam ser enquadradas no critério de pessoas com crianças de colo, mas agora o texto deixa esse item mais claro. 

O atendimento prioritário para pessoas com neoplasia maligna (câncer) foi acrescentado no texto pelo governo local. As demais alterações foram propostas pelos deputados Juarezão (PSB) e Sandra Faraj (SD).

Fonte: Agência Brasília 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247