Processo contra Cunha será instalado nesta terça

O processo para apurar suposta quebra de decoro parlamentar do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), deve ser instalado pelo Conselho de Ética da Casa nesta terça-feira 3; o pedido foi feito por parlamentares do Psol e da Rede, sob alegação de que o deputado mentiu, em depoimento à CPI da Petrobras, ao dizer que não tinha dinheiro em contas no exterior; meses depois, documentos enviados pelo Ministério Público da Suíça ao Brasil mostram a existência de contas de Cunha naquele país

www.brasil247.com - Bras�lia - Entrevista com o presidente da C�mara dos Deputados Eduardo Cunha, que fala sobre o Impeachment da presidenta Dilma (Antonio Cruz/Ag�ncia Brasil)
Bras�lia - Entrevista com o presidente da C�mara dos Deputados Eduardo Cunha, que fala sobre o Impeachment da presidenta Dilma (Antonio Cruz/Ag�ncia Brasil) (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News

O processo para apurar suposta quebra de decoro parlamentar do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), deve ser instalado pelo Conselho de Ética da Casa nesta terça-feira (3).

O pedido foi feito por parlamentares do Psol e da Rede, sob alegação de que o deputado mentiu, em depoimento à CPI da Petrobras, ao dizer que não tinha dinheiro em contas no exterior.

Meses depois, documentos enviados pelo Ministério Público da Suíça ao Brasil mostram a existência de contas de Cunha naquele país.

Se iniciado o processo nesta terça, haverá a escolha, por sorteio, de três nomes de possíveis relatores. A escolha final será do presidente do conselho, deputado José Carlos Araújo (PSD-BA).

PUBLICIDADE

Deputados que forem do mesmo partido ou estado de Cunha (PMDB-RJ) e os signatários da representação ficarão de fora do sorteio.

O processo pode resultar em censura verbal ou escrita até cassação de mandato.

Ato contra Cunha

PUBLICIDADE

Uma manifestação contra o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB/RJ), foi realizada na segunda-feira (2), em Brasília, em frente a casa do parlamentar. O ato teve a participação de integrantes do coletivo de juventude do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) no DF e do Levante Popular da Juventude.

Segundo os manifestantes, o protesto teve como objetivo denunciar as ações do presidente da Câmara. Eles dizem que Cunha é investigado por corrupção, tem colocado em pauta projetos conservadores e que retiram direitos de minoras e dos trabalhadores, alguns de autoria do próprio Cunha. Os manifestantes pedem a saída do deputado da presidência da Casa.

Os participantes calculam que aproximadamente de 300 pessoas estiveram na manifestação. Já a Polícia Militar do Distrito Federal estimo que o número de participantes esteve entre 200 e 250 pessoas.

PUBLICIDADE

Os manifestantes criticaram projetos de autoria de Cunha. Entre eles até o Projeto de Lei 5.069/2013, que tem o deputado como um dos autores, e que foi aprovado no último dia 21 pela pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que criminaliza o "induzimento, instigação ou auxílio ao aborto".

 

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email