Programa do governo propõe fim do prazo de validade de habilitação de pilotos

Chamado de "Voo Simples", programa prevê um conjunto de 52 medidas para o setor de aviação, com foco nos profissionais, operadores de aeronaves, instituições de ensino e empresas de pequeno porte

Latam Airlines
Latam Airlines
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O governo de Jair Bolsonaro lançou nesta quarta-feira, 7, um conjunto de 52 medidas para o setor de aviação, que abrange os profissionais, pilotos de aeronaves, instituições de ensino e empresas de pequeno porte.

Chamado de “Voo Simples”, o programa tem como uma das ações previstas o fim do prazo de validade da carteira de habilitação de pilotos, que hoje expira em um ano.

O projeto também visa facilitar as exigências para empresas de táxi aéreo, permitindo que novos operadores de pequeno porte entrem no mercado, e simplificar os processos para fabricação, importação ou registro de aeronaves.

Além disso, favorece o agronegócio, permitindo o uso de um auxiliar de mecânico de manutenção, sob supervisão remota, para a operação aeroagrícola.

As medidas ainda serão avaliadas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) em consulta pública que também discutirá o período de treinamento em simulador e a simplificação de treinamento para copiloto.

O Ministério da Infraestrutura diz que o uso dos documentos digitais será ampliado.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247