PSOL reforça ao Conselho de Ética pedido de cassação de Flávio Bolsonaro após escândalo da Abin

O PSOL vai acrescentar as informações sobre a Abin ao processo que pede a cassação do senador Flávio Bolsonaro no Conselho de Ética do Senado

Flávio Bolsonaro
Flávio Bolsonaro (Foto: Tânia Rêgo - Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O PSOL reforçou ao Conselho de Ética do Senado o pedido de cassação do senador Flávio Bolsonaro, após informações sobre um relatório feito pela Abin para defender o parlamentar no processo das “rachadinhas” ocorridas durante seu mandato como deputado estadual no Rio de Janeiro.

O PSOL vai acrescentar as informações ao processo que pede sua cassação no Conselho de Ética da Casa. O aditamento será feito à representação que foi apresentada contra Flávio por PSOL, PT e Rede.

"É preciso reforçar que os novos fatos confirmam que o senador vem utilizando de ilegalidades, durante o exercício do seu mandato parlamentar, com o objetivo de utilizar os órgãos de Estado brasileiros em seu próprio favor, desrespeitando a Constituição e o ordenamento jurídico pátrio", diz o texto.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email