Randolfe pede ao STF indiciamento de Michelle Bolsonaro e desocupação do Palácio da Alvorada

"O Palácio da Alvorada não pode acobertar criminosos lá dentro", disse o senador Randolfe Rodrigues

Randolfe Rodrigues e Michelle Bolsonaro
Randolfe Rodrigues e Michelle Bolsonaro (Foto: Alessandro Dantas | Reprodução/Twitter | Isac Nóbrega/PR)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), integrante da equipe de transição do presidente diplomado, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), afirmou que vai pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) o indiciamento da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, no âmbito do inquérito dos atos antidemocráticos, além de solicitar a desocupação do Palácio da Alvorada por parte dos bolsonaristas.

A ação foi apresentada na esteira dos atos terroristas promovidos por bolsonaristas na noite da segunda-feira (12) em Brasília, poucas horas após a diplomação de Lula pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

continua após o anúncio

"O Palácio da Alvorada não é uma residência particular, é uma dependência pública, que daqui alguns dias necessitará ter um novo morador. O atual inquilino não pode ocupar o Palácio da Alvorada para que ele seja vandalizado e não pode dar guarida, acobertar criminosos lá dentro. Estou pedindo o indiciamento da senhora Michelle Bolsonaro no âmbito do inquérito dos atos antidemocráticos. Além disso, se essa ocupação no âmbito do Palácio da Alvorada persistir, que ele seja desocupado de imediato”, disse Randolfe em entrevista à CNN Brasil. 

Ainda segundo ele, “os fatos de ontem começam a se desenrolar ao fim da tarde, quando manifestantes - manifestantes, desculpem, é o termo inadequado. Quando terroristas, vândalos se dirigem ao Palácio da Alvorada e são recebidos, inclusive com suprimentos, com alimentação, no dizer dos ocupantes do Palácio da Alvorada, dispostos pela própria primeira-dama. No final do dia de ontem, nós recebemos a informação de que alguns desses terroristas que estão acampados há alguns dias aqui em Brasília, que inclusive já tiveram ordem de prisão - ou pelo menos de investigação - por parte do inquérito dos atos antidemocráticos estavam acolhidos no âmbito do Palácio da Alvorada. Tudo isso é gravíssimo”.

continua após o anúncio

Randolfe também ressaltou que irá pedir a apuração e responsabilização dos extremistas que promoveram os atos de violência em Brasília, além do indiciamento das lideranças dos acampamentos bolsonaristas em função da defesa de teses golpistas e antidemocráticas. 

“Estamos pedindo a rigorosa apuração dos fatos de ontem, assim como o indiciamento, no mesmo inquérito, e com eventual prisão cautelar, dos líderes dos atos terroristas praticados no dia de ontem. Corroborado com estes dois fatos, também a necessidade de dispersão dos atos antidemocráticos que ocorrem na capital da República na véspera da posse do novo presidente da República”, afirmou o parlamentar.

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

 

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247