Salles ataca Biden e compara Pantanal à Califórnia de maneira grosseira

24 horas depois, o ministro Ricardo Salles respondeu às críticas de Joe Biden, candidato à presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, que criticou a política ambiental do Brasil. Salles disse ver uma "hipocrisia internacional" com relação ao Brasil e, sem apresentar dados, comparou de maneira grosseira a situação do Pantanal com a da Califórnia

Ricardo Salles durante entrevista no Palácio do Planalto 9/9/2020
Ricardo Salles durante entrevista no Palácio do Planalto 9/9/2020 (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles respondeu às críticas de Joe Biden, candidato a presidente dos EUA, sobre a negligência ambiental do governo brasileiro. Salles afirmou: “há uma hipocrisia internacional acerca da Amazônia e do Pantanal. Veja que a Califórnia está pegando muito mais fogo que o Pantanal, aliás, num governo democrata, do mesmo partido de Joe Biden, que falou aquelas bobagens ontem no debate. A Austrália, no ano passado, pegou mais fogo do que a Amazônia. (...) Mas é só o Brasil que recebe as críticas.”

A reportagem do portal Uol destaca que “os números divulgados por órgãos oficiais desmentem a fala de Salles. No estado norte-americano, segundo o Departamento de Silvicultura e Proteção contra Incêndios da Califórnia (CAL Fire, em inglês), cerca de 1,5 milhão de hectares foram consumidos pelo fogo em 2020. No Pantanal, foram 2,5 milhões, de acordo com o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).”

A matéria ainda lembra que “além disso, como sugere um artigo publicado em agosto na Scientific American, as queimadas na Califórnia são causadas e intensificadas principalmente pelas mudanças climáticas. No Pantanal, o fogo tem origem majoritariamente criminosa, segundo apontam investigações da Polícia Federal.”

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email