Sara Winter deixará a prisão com tornozeleira eletrônica

A extremista está presa há 10 dias no Presídio Feminino do Gama e pode sair da cadeia a partir de meia-noite, de acordo com decisão do STF

A militante fascista Sara Giromini foi presa pela Polícia Federal
A militante fascista Sara Giromini foi presa pela Polícia Federal (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que a extremista Sara Winter poderá deixar o Presídio Feminino do Gama, a Colmeia, usando tornozeleira eletrônica. Ela deve ser solta nas próximas horas.

Sara Winter foi presa há 10 dias no âmbito da Operação Lumus, que apura atos antidemocráticos e ameaças contra ministros do Supremo.

Os outros integrantes do grupo 300 que foram detidos - Emerson Rui Barros dos Santos, Érica Vianna de Souza, Renan de Moraes Souza e Arthur Castro - também serão soltos nas mesmas condições.

O ministro Alexandre de Moraes é o responsável pela análise do caso.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247