Só pousa em Brasília quem tiver combustível para decolar

O aeroporto internacional Juscelino Kubitschek só está recebendo pousos de aeronaves que tenham capacidade de decolar sem necessidade de reabastecimento; informação foi dada nesta quinta-feira, 24, pela Inframérica, concessionária que administra o aeroporto de Brasília, por causa da greve dos caminhoneiros; Brasília é o terceiro terminal mais movimentado do Brasil e, por sua posição central, é o maior centro de conexões do país

O aeroporto internacional Juscelino Kubitschek só está recebendo pousos de aeronaves que tenham capacidade de decolar sem necessidade de reabastecimento; informação foi dada nesta quinta-feira, 24, pela Inframérica, concessionária que administra o aeroporto de Brasília, por causa da greve dos caminhoneiros; Brasília é o terceiro terminal mais movimentado do Brasil e, por sua posição central, é o maior centro de conexões do país
O aeroporto internacional Juscelino Kubitschek só está recebendo pousos de aeronaves que tenham capacidade de decolar sem necessidade de reabastecimento; informação foi dada nesta quinta-feira, 24, pela Inframérica, concessionária que administra o aeroporto de Brasília, por causa da greve dos caminhoneiros; Brasília é o terceiro terminal mais movimentado do Brasil e, por sua posição central, é o maior centro de conexões do país (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Brasília 247 - O aeroporto internacional Juscelino Kubitschek só está recebendo pousos de aeronaves que tenham capacidade de decolar sem necessidade de reabastecimento.

A informação foi dada nesta quinta-feira, 24, pela Inframérica, concessionária que administra o aeroporto de Brasília, por causa da greve dos caminhoneiros. Segundo a Inframérica, ainda não houve nenhum cancelamento de voos programados, mas as companhias aéreas estão revendo suas grades.

O querosene de aviação em estoque garante operações normais até as 17h. Brasília é o terceiro terminal mais movimentado do Brasil e, por sua posição central, é o maior centro de conexões do país.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email