Tasso: há ‘certo oportunismo’ na proposta de Reforma da Previdência

O relator da reforma da Previdência no Senado, Tasso Jereissati (PSDB-CE), disse ver um “certo oportunismo” dos parlamentares ao atrelar a reformas da Previdência à demanda por mais receitas para Estados e municípios, como tem ocorrido no debate do chamado pacto federativo

Senador Tasso Jereissati
Senador Tasso Jereissati (Foto: Pedro França/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O relator da reforma da Previdência no Senado, Tasso Jereissati (PSDB-CE), rejeita a ideia de que a criação de uma nova proposta de emenda à Constituição (PEC) que tramitará em paralelo à reforma vinda da Câmara possa mudar o “coração” da proposta. Nessa PEC paralela serão colocados temas como a inclusão de Estados e municípios na reforma.

O tucano disse ver um “certo oportunismo” dos parlamentares ao atrelar a reformas da Previdência à demanda por mais receitas para Estados e municípios, como tem ocorrido no debate do chamado pacto federativo. A entrevista foi concedida ao jornal O Estado de S.Paulo. 

De acordo com o parlamentar, não faz sentido imaginar que a reforma será desfigurada. O parlamentar considerou “miopia” as críticas de que seu relatório tenha desidratado o texto enviado pela Câmara.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email