Brasília

Teori fica contrariado com vazamento de pedidos de prisão

Depois de Gilmar Mendes, foi a vez do ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal), transmitir ao Ministério Público Federal seu descontentamento com o vazamento do pedido de prisão feito pelo Ministério Público Federal contra José Sarney e os senadores Renan Calheiros e Romero Jucá

Depois de Gilmar Mendes, foi a vez do ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal), transmitir ao Ministério Público Federal seu descontentamento com o vazamento do pedido de prisão feito pelo Ministério Público Federal contra José Sarney e os senadores Renan Calheiros e Romero Jucá (Foto: Roberta Namour)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal), também ficou contrariado com o vazamento do pedido de prisão feito pelo Ministério Público Federal contra José Sarney e os senadores Renan Calheiros e Romero Jucá.

Segundo a colunista Mônica Bergamo, o descontentamento já foi transmitido ao Ministério Público Federal, autor dos pedidos de prisão.

Outro magistrado, Gilmar Mendes, já tinha feito críticas públicas ao vazamento de informações.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO