Toffoli acena a Bolsonaro e vira articulador político na Câmara contra proposta do PSL

O presidente do STF, Dias Toffoli, tem se aproximado de Jair Bolsonaro para defender a Corte contra um projeto do PSL que visa combater um suposto “ativismo judicial”; o centrão é contra a proposta

(Foto: Marcos Corrêa/PR)

247 - O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, tem se aproximado do presidente Jair Bolsoanro para defender o Supremo contra um projeto PSL que visa combater um suposto “ativismo judicial”. Muitos manifestantes a favor do presidente, do ministro Sérgio Moro (Justiça) e da Operação Lava Jato defenderam no domingo (30) o fechamento do STF. 

Deputados da sigla querem colocar o Legislativo como revisor de atos que ultrapassem as funções do Judiciário. De acordo com reportagem de Julio Wiziack e Thais Arbex, na edição desta terça-feira (2) do jornal Folha de S.Paulo, o centrão não comprou a proposta bolsonarista. Os deputados do bloco são os maiores alvos de Toffoli nas visitas ao parlamento.

Toffoli já havia acenado ao chefe do Planalto quando saiu em defesa do poder de escolha do presidente na PGR, Toffoli está se preparando para enfrentar o PSL, partido de Bolsonaro. 


Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247