Tropa de Choque da PM facilitou invasão ao STF, mostram novos vídeos

Vídeos divulgados nesta quinta-feira mostram ainda os golpistas destruindo esculturas e com a toga de ministros do STF. Assista

www.brasil247.com - Gravação mostra recuo de PMs facilitando entrada de invasores ao STF
Gravação mostra recuo de PMs facilitando entrada de invasores ao STF (Foto: Reprodução)


247 - A Tropa de Choque da Polícia Militar do Distrito Federal desfez um bloqueio próximo ao Congresso Nacional no último dia 8, que servia para impedir a invasão dos terroristas bolsonaristas às sedes dos Três Poderes, em Brasília, mostram vídeos captados pelas câmeras externas do Supremo Tribunal Federal (STF), divulgados nesta quarta-feira (25). A ação facilitou  o acesso dos extremistas ao edifício da Suprema Corte.

O bloqueio foi montado no topo da rampa de acesso a 500 metros do Supremo Tribunal Federal (STF) e era formado por seis viaturas da Tropa de Choque, um ônibus, um blindado com jato d'água e dezenas de agentes. Nenhum dos policiais na barreira tentou dispersar os bolsonaristas. 

Naquele momento, os terroristas já haviam invadido o Congresso Nacional e o Palácio do Planalto. 

Um carro comum da PMDF se aproximou do cordão de isolamento montado pela Tropa de Choque quando um agente saiu do veículo para falar com os policiais. As viaturas do Choque então abandonaram a posição, deixando para trás poucos agentes com a responsabilidade de conter os bolsonaristas. 

Nos 30 minutos em que o bloqueio aparece nas imagens funcionando, nenhum bolsonarista conseguiu furar a proteção policial.

Outros vídeos divulgados nesta quinta-feira mostram os golpistas destruindo esculturas e com a toga de ministros do STF. 

(Com informações d'O Estado de S. Paulo). 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247