CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasília

Vandalismo em Brasília se dá após ordem de prisão de Moraes contra líder indígena bolsonarista

A PF cumpriu o mandado de prisão temporária e conduziu o líder indígena José Acácio Serere Xavante até a sede da corporação, em Brasília

Bolsonaristas tentam depredar um carro em Brasília (Foto: Reprodução)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O motivo para a tentativa de bolsonaristas em invadir o prédio da Polícia Federal (PF) nesta segunda-feira (12) foi uma ordem de prisão expedida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, contra um líder indígena José Acácio Serere Xavante, apoiador de Jair Bolsonaro (PL). A informação foi publicada pelo jornal Folha de S.Paulo.

A PF cumpriu o mandado de prisão temporária nesta segunda e conduziu até a sede da corporação, na Asa Norte, em Brasília (DF). A Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu a prisão do índio e argumentou que ele participou dos atos pró-golpe. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Manifestantes colocaram fogo e quebraram carros nas proximidades da sede da PF.

O senador eleito Flávio Dino (PSB-MA), futuro ministro da Justiça, e o deputado federal Marcelo Freixo (PSB-RJ), cobraram punição aos responsáveis pelos atos. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO