Veja quem é Daniel Silveira, deputado preso após ameaçar ministros do STF

Policial militar e parlamentar, Silveira vive uma vida de polêmicas com publicações políticas nas redes sociais

O deputado federal pelo PSL do Rio de Janeiro, Daniel Silveira, quebrou a placa de Marielle
O deputado federal pelo PSL do Rio de Janeiro, Daniel Silveira, quebrou a placa de Marielle
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Juliana Barbosa, Metrópoles - O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), preso na noite dessa terça-feira (16/2) por ordem do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, é conhecido por colecionar polêmicas envolvendo temas políticos desde que iniciou sua carreira na Câmara dos Deputados, em 2018.

O deputado foi preso após publicar um vídeo, nessa terça-feira, com ataques ao ministro do STF Edson Fachin. Silveira ainda enaltece o Ato Institucional nº 5, o AI-5, e diz: “Vocês deveriam ter sido destituídos do posto de vocês e uma nova nomeação, convocada e feita de 11 novos ministros, vocês nunca mereceram estar aí e vários também que já passaram não mereciam. Vocês são intragáveis, inaceitáveis, intolerável Fachin”, disse o deputado.

Além da mais recente polêmica, Silveira ficou conhecido no primeiro turno da campanha de 2018, quando ajudou a quebrar uma placa de rua feita em homenagem à vereadora Marielle Franco (PSOL), assassinada a tiros em 14 de março daquele ano com seu motorista, Anderson Gomes.

Leia mais no Metrópoles.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email