Vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos defende prisão de Daniel Silveira

Deputado Marcelo Ramos, vice de Arthur Lira, afirmou que Silveira cometeu um rol de crimes contra a Segurança Nacional

Marcelo Ramos (PL)
Marcelo Ramos (PL) (Foto: Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado Marcelo Ramos (PL-AM), primeiro vice-presidente da Câmara dos Deputados, defendeu o cumprimento do pedido de prisão do colega Daniel Silveira (PSL-RJ), expedido na noite desta terça-feira (16) pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, após o deputado publicar um vídeo ameaçando e pregando violência contra ministros do STF, além de defender o fechamento da Corte.

Segundo Ramos, Silveira cometeu um rol de crimes contra a Segurança Nacional. A Mesa Diretora da Câmara dos Deputados se reúne nesta tarde para analisar o pedido de prisão de Silveira expedido por Moraes. 

O deputado fez a defesa da prisão de Silveira e expôs os motivos necessários para ela durante o programa Sua Excelência, O Fato, dos jornalistas Luís Costa Pinto e Eumano Silva, no Youtube.

O plenário do Supremo Tribunal Federal também julgará o tema em sessão hoje à tarde. O 1º vice-presidente da Câmara também defende o funcionamento imediato do Conselho de Ética da Câmara, para onde devem ser remetidos os autos de prisão de Silveira, para que se inicie o processo de cassação do parlamentar eleito pelo Rio de Janeiro na esteira do discurso de ódio contra a política. 

Durante a campanha eleitoral de 2018, Silveira quebrou uma placa com o nome da Marielle Franco, vereadora do PSOL assassinada por milicianos no Rio de Janeiro. 

No mesmo programa, o filósofo e ex-ministro da Educação Renato Janine Ribeiro declara que “o Brasil já não vive mais sob um regime democrático”.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email