"Vou pra cima do TCU", prometeu Henrique Eduardo Alves à OAS

Uma troca de mensagens entre o ex-ministro Henrique Eduardo Alves e o empresário Léo Pinheiro, da OAS, sugere que o político intercedeu junto ao Tribunal de Contas da União para evitar a paralisação das obras da Arena das Dunas; primeiro ministro a trair Dilma Rousseff na conspiração que colocou Michel Temer no poder, Alves foi preso por receber propinas de R$ 7 milhões

Henrique Alves Michel Temer
Henrique Alves Michel Temer (Foto: Leonardo Attuch)

Do Portal Metrópoles

Uma troca de mensagens entre o ex-ministro Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) — que está preso — e o empresário Léo Pinheiro, da OAS, sugere que o político intercedeu junto ao Tribunal de Contas da União (TCU). O objetivo era evitar a paralisação das obras da Arena das Dunas (para a Copa do Mundo de 2014), em Natal, mesmo sem apresentação de dados do projeto executivo que permitissem controle orçamentário adequado.

De acordo com a investigação do Ministério Público Federal, que pediu a prisão preventiva de Henrique Alves, o ex-ministro do Turismo afirmou em uma mensagem: “Seg (sic), em BSB (Brasília), vou pra cima do TCU. Darei notícias!”. As informações são do blog de Fausto Macedo, do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia a íntegra no Metrópoles

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247