Weintraub insulta Macron e o chama de "calhorda oportunista"

O ministro da Educação do Brasil, Abraham Weintraub, demonstrou mais uma vez não estar à altura do cargo que ocupa ao agredir o presidente da França, Emmanuel Macron. Em suas redes sociais, Weintraub chamou Macron de "calhorda oportunista", no momento em que a imagem do Brasil no resto do mundo atinge o momento mais baixo em toda a sua história

Ministro da Educação Abraham Weintraub.
Ministro da Educação Abraham Weintraub. (Foto: Abraham Weintraub)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – "A França é uma nação de extremos. Gerou homens como Descartes ou Pasteur, porém também os voluntários da Waffen SS Charlemagne. País de iluministas e de comunistas. O Macron não está a altura deste embate. É apenas um calhorda oportunista buscando apoio do lobby agrícola francês", escreveu o ministro da Educação nomeado por Jair Bolsonaro, Abraham Weintraub, demonstrando mais uma vez não ter postura para o cargo que ocupa. Confira abaixo a sequência de insultos que ele distribuiu ao chefe de estado francês:

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247