Zambelli pergunta a deputada do PSOL se ela usa maconha e leva invertida: "deve estar sem trabalho"

Deputada federal Carla Zambelli, que preside a Comissão de Meio Ambiente, arrumou tempo para bater boca no Twitter nesta segunda-feira. "Trabalhe mais, deputada!", disse Vivi Reis a Zambelli

Vivi Reis
Vivi Reis (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP), aliada de primeira hora de Jair Bolsonaro, protagonizou nesta segunda-feira (3) um bate boca pelo Twitter com a também deputada Vivi Reis (PSOL-PA).

Vivi havia utilizado a rede social para denunciar ataques que sofreu por parte do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) durante a Comissão do Meio Ambiente da Câmara dos Deputados, que nesta segunda-feira recebeu o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

"Éder Mauro grita tentando me silenciar, Eduardo Bolsonaro insinua que eu estou sob efeito de drogas ilícitas. Eles não querem que denunciemos o projeto de devastação e violência da Amazônia por isso tentaram nos censurar na Comissão de Meio Ambiente, mas não nos calaremos!", escreveu a deputada.

Zambelli, que preside a Comissão do Meio Ambiente, arrumou tempo parra responder de forma esdrúxula a deputada psolista. "Estou curiosa. Você não usa maconha? Porque o PSOL defende a liberação e parece que você se ofendeu por algo que defendem, fiquei confusa".

Vivi então tratou de dar uma invertida em Zambelli: "a deputada Carla Zambelli deve estar sem trabalho na Comissão de Meio Ambiente a qual preside. Está fiscalizando o Twitter, buscando desviar o foco das denúncias ambientais gravíssimas que comprometem a sua tropa bolsonarista. Trabalhe mais, deputada!".

"Curioso é que os bolsonaristas chamem a única mulher preta que os questionou hoje de 'maconheira'. A nossa defesa da legalização é por essa ser uma questão de saúde pública e isso não nos define enquanto usuários, mas sim como defensores da vida, contra a guerra aos pobres e pretos", acrescentou.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email