Zelotes: Justiça bloqueia R$ 1 milhão de Joseph Safra

Justiça Federal determinou o bloqueio de bens do banqueiro Joseph Safra em até R$ 1 milhão, em atendimento a um pedido feito pelo Ministério Público Federal em uma ação derivada da Operação Zelotes; na decisão, o juiz Rodrigo Parente Paiva Bentemuller, da 15ª Vara Federal de Brasília, argumentou que há "fortes indícios de negociações de propina" por parte do banqueiro; Operação Zelotes investiga desvios na Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), órgão ligado ao Ministério da Fazenda que é a última instância administrativa de recurso contra cobranças tributárias

Justiça Federal determinou o bloqueio de bens do banqueiro Joseph Safra em até R$ 1 milhão, em atendimento a um pedido feito pelo Ministério Público Federal em uma ação derivada da Operação Zelotes; na decisão, o juiz Rodrigo Parente Paiva Bentemuller, da 15ª Vara Federal de Brasília, argumentou que há "fortes indícios de negociações de propina" por parte do banqueiro; Operação Zelotes investiga desvios na Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), órgão ligado ao Ministério da Fazenda que é a última instância administrativa de recurso contra cobranças tributárias
Justiça Federal determinou o bloqueio de bens do banqueiro Joseph Safra em até R$ 1 milhão, em atendimento a um pedido feito pelo Ministério Público Federal em uma ação derivada da Operação Zelotes; na decisão, o juiz Rodrigo Parente Paiva Bentemuller, da 15ª Vara Federal de Brasília, argumentou que há "fortes indícios de negociações de propina" por parte do banqueiro; Operação Zelotes investiga desvios na Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), órgão ligado ao Ministério da Fazenda que é a última instância administrativa de recurso contra cobranças tributárias (Foto: Aquiles Lins)

Felipe Pontes, da Agência Brasil - A Justiça Federal determinou o bloqueio de bens do banqueiro Joseph Safra em até R$ 1 milhão, em atendimento a um pedido feito pelo Ministério Público Federal em uma ação derivada da Operação Zelotes.

Na decisão, o juiz Rodrigo Parente Paiva Bentemuller, da 15ª Vara Federal de Brasília, argumentou que há "fortes indícios de negociações de propina" por parte do banqueiro.

A Operação Zelotes investiga desvios na Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), órgão ligado ao Ministério da Fazenda que é a última instância administrativa de recurso contra cobranças tributárias.

Segundo o MPF, há indícios de que Joseph Safra negociou o suborno de conselheiros do Carf para favorecer julgamentos envolvendo uma de suas empresas. A ação penal contra Safra, no entanto, acabou arquivada.

O bloqueio ordenado agora foi concedido dentro de uma ação de improbidade administrativa, na área cível. Mais cinco pessoas foram atingidas pela liminar, todas com o bloqueio de R$ 1 milhão.

O banqueiro Joseph Safra, dono do banco Safra, é o segundo homem mais rico do Brasil, segundo a revista Forbes.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247