Amazon anuncia centro de distribuição em Pernambuco para acelerar entregas no Nordeste

Primeiro centro de distribuição da empresa na região Nordeste permitirá expandir opções de frete rápido e gratuito para clientes da região. "Esse investimento, tendo em vista a qualidade das instalações, ajudará a impulsionar a nossa economia, gerando emprego e renda, além de reforçar a nossa condição de hub natural do Nordeste", comemorou o governador Paulo Câmara

'Efeito Amazon' pode ter impacto na dinâmica de inflação, diz estudo
'Efeito Amazon' pode ter impacto na dinâmica de inflação, diz estudo
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 (com informações de assessoria de imprensa) - Dando início ao seu plano de expansão no Brasil, a Amazon escolheu Pernambuco para sediar seu primeiro centro de distribuição próprio no Nordeste. Desde que chegou ao País, esta será a primeira operação física da empresa fora de São Paulo. A base pernambucana ficará no centro logístico Armazenna Suape, no Cabo de Santo Agostinho, e será capaz de reduzir prazo mínimo de entrega, no Recife, para até dois dias úteis. A nova operação ocorrerá de forma plena já no primeiro trimestre de 2020, e a expectativa é a de gerar centenas de empregos diretos e indiretos.

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), oficializou a parceria em reunião com o presidente da Amazon no Brasil, Alex Szapiro, na manhã desta quinta-feira (12) em São Paulo. “Estamos satisfeitos que a Amazon tenha escolhido Pernambuco para sediar seu mais novo centro de distribuição no Brasil. Esse investimento, tendo em vista a qualidade das instalações, ajudará a impulsionar a nossa economia, gerando emprego e renda, além de reforçar a nossa condição de hub natural do Nordeste. O centro traz novas oportunidades para avançar no futuro da inovação e da produtividade, dialogando com o que queremos para o nosso Estado e região. Seremos grandes parceiros da Amazon, que vai encontrar, aqui, uma mão de obra qualificada e as condições necessárias para o crescimento dos seus projetos”, destaca o governador.

“Nós estamos felizes em levar mais conveniência aos consumidores brasileiros e em contribuir para a economia da região. O anúncio de hoje representa o compromisso de longo prazo da Amazon com o Brasil e, principalmente, com nossos clientes em todas as regiões”, reforça Alex Szapiro, presidente da Amazon no Brasil. “Além de oferecermos entrega mais rápida para a região Nordeste, clientes do Amazon Prime, programa de benefícios que lançamos em setembro, poderão usufruir dessa rapidez no envio com frete grátis em qualquer pedido”, acrescenta o executivo.

Com o anúncio oficial da companhia, o Estado atinge a marca das 114 empresas que anunciaram novos negócios ou a expansão de suas operações em Pernambuco, neste ano - empreendimentos que, juntos, somam R$ 14,4 bilhões em investimentos e têm potencial para abertura de 22 mil postos de trabalho formais, no médio e longo prazos.

A Amazon é, atualmente, a empresa mais valiosa do mundo, com valor de mercado acima de US$ 1 trilhão. Apesar da presença no e-commerce brasileiro desde 2012, o primeiro centro de distribuição no Brasil foi implantado em janeiro deste ano, na cidade de Cajamar, em São Paulo. Nos últimos meses, outros dois foram implementados em território paulista. O de Pernambuco será o quarto do Brasil.

Atualmente, há 122 vagas de emprego abertas pela empresa no País, tendo sido criados mais de 3,2 mil empregos desde 2012 pela companhia.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247