Anão que Bolsonaro levantou é Zé Miúdo, vereador em Sergipe

Ao contrário do que circulou pela internet, Jair Bolsonaro não o confundiu com uma criança ao pegá-lo no colo

José Eraldo de Jesus Santana, o Zé Miúdo
José Eraldo de Jesus Santana, o Zé Miúdo (Foto: Câmara de Itabaianinha/Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Fernando Caixeta, Metrópoles - Vereador da pequena Itabaianinha, cidade na região do Vale do Rio Real, no interior do Sergipe, José Eraldo de Jesus Santana ganhou fama após aparecer nos braços do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), em vídeo gravado na última segunda-feira (18/8), durante passagem do chefe do Executivo por Aracaju.

Zé Eraldo não se importa — até prefere — ser chamado de Zé Miúdo, nome pelo qual toda Itabaianinha o conhece e o que foi usado por ele na campanha para a Câmara dos Vereadores de 2016, eleição em que garantiu 528 votos, ficando em 11º na corrida pelas 13 vagas da câmara municipal. “Não tem problema nenhum [me chamar de Zé Miúdo Anão], até gosto. Se falar Zé Eraldo, ninguém sabe quem é”, contou o vereador em entrevista exclusiva ao Metrópoles.

Apesar dos 44 anos do político sergipano, muitos internautas apontaram, no vídeo que viralizou, a possibilidade de Bolsonaro tê-lo confundido com uma criança ao pegá-lo no colo. Na realidade, o ex-capitão sabia bem quem era a pessoa que levantava nos braços.

Leia mais no Metrópoles.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247