"Cabelo crespo não é de crente", diz pastor ao recusar batizar adolescente

Uma adolescente participava de um curso na igreja Assembleia de Deus quando o pastor começou a atacá-la verbalmente. “Ele pegou o microfone e disse que eu não seria batizada porque meu cabelo não servia para ficar na igreja“, relatou a jovem

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Um pastor da igreja evangélica Assembleia de Deus negou-se a batizar uma jovem negra de 16 anos porque, segundo ele, "cabelo crespo não é de crente".

O fato aconteceu em Jacobina, na Bahia, e segundo o site Bahia Notícias, a adolescente participava de um curso na instituição quando a palestrante elogiou seu cabelo. Em seguida, o pastor começou a atacá-la verbalmente. “Ele pegou o microfone e disse que eu não seria batizada porque meu cabelo não servia para ficar na igreja“, relatou a jovem.

Diversas pessoas assistiram o ataque racista, já que o local estava lotado no momento. “Ele a chamou para uma reunião e disse que ela poderia assinar o formulário de batismo”, informou a amiga da vítima, Martha Miranda, que considerou a situação foi humilhante e disse que em nenhum momento o pastor pediu desculpas. 

“O pastor ainda disse para ela mudar o cabelo, pois, segundo ele, cabelo crespo não é cabelo de crente. Isso a deixou ainda mais chateada e ela deixou de frequentar a igreja”, desabafou.

A adolescente e seus familiares resolveram fazer um protesto e convidaram pessoas com cabelos crespos para irem ao culto.

"Fizemos um chamado pelas redes sociais e os fiéis já estavam cientes que iríamos. Entramos no meio culto e ficamos lá, de maneira silenciosa, porém presente. Assim que acabou, muitas pessoas vieram falar com a gente, pedindo desculpas pela situação e afirmando que o Deus deles não liga para o cabelo", destacou . 

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247