Cafeteira: 'grampos telefônicos são boatos'

Deputado Rogério Cafeteira (PSC) comentou os boatos de que o governo estadual esteja grampeando os telefones dos parlamentares; segundo informações divulgadas na imprensa local, as acusações foram feitas pelos deputados Adriano Sarney (PV), Andrea Murad (PMDB), Souza Neto (PTN) e Edilázio Junior (PV); “Há muito tempo, desde governos anteriores, existe essa desconfiança e acredito que tudo não passe de boato”, destacou; o parlamentar reforçou que é necessária uma autorização judicial para que ocorra o monitoramento

Deputado Rogério Cafeteira (PSC) comentou os boatos de que o governo estadual esteja grampeando os telefones dos parlamentares; segundo informações divulgadas na imprensa local, as acusações foram feitas pelos deputados Adriano Sarney (PV), Andrea Murad (PMDB), Souza Neto (PTN) e Edilázio Junior (PV); “Há muito tempo, desde governos anteriores, existe essa desconfiança e acredito que tudo não passe de boato”, destacou; o parlamentar reforçou que é necessária uma autorização judicial para que ocorra o monitoramento
Deputado Rogério Cafeteira (PSC) comentou os boatos de que o governo estadual esteja grampeando os telefones dos parlamentares; segundo informações divulgadas na imprensa local, as acusações foram feitas pelos deputados Adriano Sarney (PV), Andrea Murad (PMDB), Souza Neto (PTN) e Edilázio Junior (PV); “Há muito tempo, desde governos anteriores, existe essa desconfiança e acredito que tudo não passe de boato”, destacou; o parlamentar reforçou que é necessária uma autorização judicial para que ocorra o monitoramento (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247, com Blog do Raimundo Garrone - O deputado Rogério Cafeteira (PSC) tratou, na sessão desta quarta-feira (21), sobre boatos de que o Governo do Estado esteja grampeando os telefones dos parlamentares. Segundo informações divulgadas na imprensa local, as acusações foram feitas pelos deputados Adriano Sarney (PV), Andrea Murad (PMDB), Souza Neto (PTN) e Edilázio Junior (PV).

Cafeteira lembrou que não é de hoje que se ouve falar que existe esse tipo de monitoramento. “Há muito tempo, desde governos anteriores, existe essa desconfiança e acredito que tudo não passe de boato”, destacou.

Rogério falou ainda que o Sistema Guardião não é exclusivo da Secretaria de Segurança e que é necessária uma autorização judicial para que ocorra o monitoramento. “Não é simplesmente colocar um nome e monitorar”, lembrou.

Com relação ao trabalho do secretário Jefferson Portela, o parlamentar disse que o mesmo tem conduzido com seriedade sua gestão, assim como o Governador Flávio Dino. “Não acredito que ocorra, mas apoio que se faça o questionamento para que assim não restem dúvidas sobre o assunto” finalizou.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247