Camilo Santana: “Não se pode jamais colocar posições ideológicas acima da preservação de vidas”

O governador do Ceará reagiu em sua conta no Twitter às declarações de Bolsonaro referentes à vacina chinesa, que segundo o último “não será comprada”

Jair Bolsonaro e Camilo Santana
Jair Bolsonaro e Camilo Santana (Foto: REUTERS/Adriano Machado | José Wagner/GOVCE)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O governador do Ceará, Camilo Santana (PT-CE), reagiu na manhã desta quarta-feira (21) às declarações de Bolsonaro referentes à compra da vacina chinesa, a CoronaVac, desenvolvida em parceria com o Instituto Butantan. Em resposta a um comentário postado por um usuário no Facebook nesta manhã criticando a compra da vacina da “Ditadura chinesa”, o presidente respondeu: “NÃO SERÁ COMPRADA”, em caixa alta.

Em seu Twitter, o governador do Ceará criticou fortemente as declarações do presidente: “Que o Governo Federal guie suas decisões sobre a vacina da Covid por critérios unicamente técnicos”, disse Santana. 

Ele acrescenta: “Não se pode jamais colocar posições ideológicas acima da preservação de vidas”.

Confira a postagem completa abaixo: 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247