Chega a 100 o número de mortos por causa das chuvas na Região Metropolitana do Recife

Tragédia já é vista por especialistas como o maior desastre natural já registrado em Pernambuco no século 21

www.brasil247.com -
(Foto: Clauber Cleber Caetano/PR)


247 - Subiu para 100 o número de mortes confirmadas por causa das chuvas que assolam Pernambuco desde a semana passada. De acordo com o Governo do Estado, outras 16 pessoas estão desaparecidas e 6.198 estão desabrigadas. Ao todo, 14 desaparecidos teriam sido soterrados por barreiras e  outras pessoas teriam sido arrastados pelas enxurradas.A tragédia já é vista por especialistas como o maior desastre natural já registrado em Pernambuco no século 21.

“Para se chegar a esse número, cruzamos uma série de informações disponíveis, como as ocorrências geradas no Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciods), os resgates feitos nas áreas afetadas, perícias feitas no Instituto de Medicina Legal (IML) e relatos feitos por familiares aos serviços de defesa civil e assistência social. Há um esforço de todos para, além de termos precisão no monitoramento e atualização da situação, também fornecer o apoio necessário às vítimas e familiares neste momento de dor”, disse o secretário de Defesa Social, Humberto Freire, de acordo com o Jornal do Commercio

Nesta terça-feira, os trabalhos de resgate chegaram a ser suspensos em diversos momentos devido à chuva, que ainda causa risco de novos deslizamentos de barreiras em diversos pontos da Região Metropolitana do Recife. De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), a previsão é de chuva moderada para esta terça-feira (31) em toda a Região Metropolitana do Recife e da Zona da Nata, com precipitações acima dos 30mm.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email