Ciro sela aliança com a direita e chama ACM Neto, do DEM, para construir "centro político" para disputa em 2022

Segundo o pedetista, a aliança entre DEM e PDT, oficializada na capital baiana nesta segunda-feira, "vai valer como semente de uma construção absolutamente necessária para o Brasil"

Ciro Gomes e ACM Neto
Ciro Gomes e ACM Neto (Foto: Adriano Machado/Reuters | Reprodução/Twitter)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-ministro Ciro Gomes, vice-presidente nacional do PDT, teceu elogios nesta segunda-feira (14) ao DEM, partido que apoiou o golpe de 2016 e a agenda neoliberal implantada desde então, e que é presidido pelo prefeito de Salvador ACM Neto. 

Ciro participou virtualmente de convenção do PDT de Salvador, que oficializou a chapa do vice-prefeito Bruno Reis (DEM) como candidato a prefeito, tendo a ex-secretária municipal de Promoção Social Ana Paula Matos (PDT) como candidata a vice. Segundo o pedetista, a aliança entre DEM e PDT na capital baiana "vai valer como uma semente de uma construção que não é fácil, mas absolutamente grave e necessária para o Brasil".

“Precisamos construir um projeto alternativo a essa quadra de desmantelo, entreguismo, destruição das nossas riquezas. Tudo isso exige que os homens públicos deixam um pouco as suas diferenças de lado para construir uma saída alternativa, dizendo como vamos salvar a economia brasileira”, discursou Ciro, candidato derrotado na eleição presidencial de 2018.

Ciro disse ainda que o DEM “tende a se alinhar nos grandes momentos às forças progressistas” e que “às vezes as pessoas usam a superfície” para criticar a sigla. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247