Defesa de Lobão: ação da PF foi “desnecessária”

O advogado do senador Edison Lobão (PMDB-­MA), Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, considerou desnecessária e constrangedora a operação de busca e apreensão realizada pela PF no apartamento do parlamentar; "Está sendo feita a busca e apreensão. Acho desnecessário, o Lobão estava contribuindo, mas é um direito do Supremo Tribunal Federal determinar. Não temos nenhuma preocupação com o que vai se apreendido porque não tem nada que possa comprometer o senador", disse Kakay

O advogado do senador Edison Lobão (PMDB-­MA), Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, considerou desnecessária e constrangedora a operação de busca e apreensão realizada pela PF no apartamento do parlamentar; "Está sendo feita a busca e apreensão. Acho desnecessário, o Lobão estava contribuindo, mas é um direito do Supremo Tribunal Federal determinar. Não temos nenhuma preocupação com o que vai se apreendido porque não tem nada que possa comprometer o senador", disse Kakay
O advogado do senador Edison Lobão (PMDB-­MA), Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, considerou desnecessária e constrangedora a operação de busca e apreensão realizada pela PF no apartamento do parlamentar; "Está sendo feita a busca e apreensão. Acho desnecessário, o Lobão estava contribuindo, mas é um direito do Supremo Tribunal Federal determinar. Não temos nenhuma preocupação com o que vai se apreendido porque não tem nada que possa comprometer o senador", disse Kakay (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Maranhão 247 - O advogado do senador Edison Lobão (PMDB-­MA), Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, considerou desnecessária e constrangedora a operação de busca e apreensão realizada na manhã desta terça-feira (15) pela Polícia Federal no apartamento do parlamentar.

"Está sendo feita a busca e apreensão. Acho desnecessário, o Lobão estava contribuindo, mas é um direito do Supremo Tribunal Federal determinar. Não temos nenhuma preocupação com o que vai se apreendido porque não tem nada que possa comprometer o senador", disse Kakay.

De acordo com o defensor, na hora da operação realizada pelos agentes federais, o peemedebista não estava na residência. "Ele não estava em casa, porque ele está em processo de mudança. Não temos preocupação com o que vai ser apreendido. Mas claro que é constrangedor", ressaltou o advogado. Lobão afirmou que apenas se pronunciaria por meio do advogado. "Não vou comentar. Ele está à frente disso", disse. As duas entrevistas foram concedidas ao Estadão.

A Operação Catilinárias  tem como objetivo o cumprimento de 53 mandados de busca e apreensão expedidos pelo Supremo Tribunal Federal, referentes a sete processos instaurados a partir de provas obtidas na Operação Lava Jato. A PF tem como finalidade evitar a destruição de provas pelos investigados e apreender bens que podem ter sido adquiridos pela prática criminosa, segundo as investigações.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email